Linha tortas, desconectadas, desniveladas e multicoloridas se transformam na bela pintura.

Vida conturbada, infância difícil e obstáculos de um caminho construíram o grande vencedor.

Pensamentos complexos e desordenados, turbilhão de emoções resultaram na grande criação. 

No palco de todas artes e todas partes da vida. 

Como falar sobre aquela grande bagunça que resulta no adorável. 

O Caos que cria beleza, a origem da Rosa.

Uma forma de raciocínio inconsciente que nos leva a uma solução. 

Quando de repente sabemos exatamente o que fazer mas sem ter o porque.

Quando a mãe diz já saber.

Quando o religioso diz crer.

Quando sabemos o lado da estrada que devemos seguir 

por uma simples onda de certeza que nos vem à mente.

De um caos cerebral se revela um 

resultado de pura beleza e convicção 

Chamamos de intuição

Como falar do certo sem razão?

 

FICHA TÉCNICA

Coreografia: Intuição 

Coreógrafo: Vinícius Anselmo

Musica: Novel, Alexandre Desplat, Ólafur Arnalds e Joep Bevin

Assistente de Direção: Ana Beatriz Farias 

Gestão Comercial: Thalita Falk

Diretora de Marketing: Nathalia Urizzi

Pianista: Rosely Chamma

Figurinista: Carlos Aguero

Costureira: Cleuza Torres

Cenógrafo: Gustavo Pereyra

Iluminadora: Mary Raquel Balekian

Operação de luz: Val Santana

Técnico de Luz: Aharon Gidali

Coordenador Técnico: Igor Lopes

INTUIÇÃO

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/3

EPIFANIA

68803037_10217363396670893_333485042954368792198_10217363379870473_7087963268500
68803037_10217363396670893_333485042954368792198_10217363379870473_7087963268500
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/3

Epifania do grego "epiphanéia", podendo ser traduzido literalmente como “manifestação” ou “aparição”, é uma súbita sensação de entendimento ou compreensão da essência de algo, também pode ser um termo usado para a 

concretização de um sonho com difícil realização.

 

O termo é usado nos sentidos, filosófico e literal, para indicar que alguém "encontrou finalmente a última peça do quebra-cabeça e agora consegue ver a imagem”. Por tanto, o projeto carrega consigo a proposta de investigar os processos pelos quais a epifania, no sentido filosófico, é alcançada, não apenas para compreender a súbita sensação de entendimento em si, mas, especificamente, quando ela se dá com o foco na origem e nos porquês da vida humana.

 

coreógrafo reúne o material da pesquisa teórica sobre epifania, juntamente com a técnica clássica, resgatando o virtuosismo e estética, a dança contemporânea e textura, fazendo com que todos esses elementos direcionem a       ambientação cenográfica, a movimentação, o formato e a atmosfera da obra.

 

O cenário é composto por 27 portas brancas com suas respectivas fechaduras, que conforme se encaixam, criam um desenho abstrato com formas e intenções diversas que representam as portas para captação de estímulos externos e acesso interno individual de cada pessoa.

 

A epifania também pode ser considerada como uma ‘experiência religiosa’, não falamos sobre histeria, alucinação ou desconecção com a realidade, estamos dizendo a respeito da pesquisa de Willian James que define esse episodio quando o indivíduo vivencia as quatro premissas: a crença em uma inteligência organizadora conectada ao indivíduo, a impossibilidade de traduzir essa experiência em palavras, o rompimento da noção de tempo e espaço e por fim a certeza de que a experiência  é real.

 

A Epifania também pode ser vista como o momento efêmero de súbita compreensão de existência no mundo 

através de instantes no qual o indivíduo consegue ancorar sua consciência no momento presente, aprimorar os sentidos, e se sentir mais vivo. 

FICHA TÉCNICA​

Diretor e Coreógrafo: Vinícius Anselmo

Assistente de Direção: Ana Beatriz Farias

Produtora e Auxiliar Administrativo: Thalita Falk 

Produtora: Marli Santos e Letícia Docampo

Diretora de Marketing: Nathalia Urizzi

Pianista: Rosely Chamma

Professores: José Ricardo Tomaselli, Lars Cauwenberg e Felipe Guedes

Criação de luz: Raquel Balekian e Vinícius Anselmo

Figurinistas: Vinícius Anselmo e Felipe Guedes

Costureira: Cleuza Torres

Cenógrafo: Armando Santos e Onias Viana

Operação e montagem de Luz:Raquel Balekian, Val Santana e Isaias Neri

Técnico de Som e Apoio: Aharon Gidali e Radson de Almeida

Coordenador de palco e Cenotécnico: Igor Lopes, Betto Lopes e Luiz Silva