Linha tortas, desconectadas, desniveladas e multicoloridas se transformam na bela pintura.

Vida conturbada, infância difícil e obstáculos de um caminho construíram o grande vencedor.

Pensamentos complexos e desordenados, turbilhão de emoções resultaram na grande criação. 

No palco de todas artes e todas partes da vida. 

Como falar sobre aquela grande bagunça que resulta no adorável. 

O Caos que cria beleza, a origem da Rosa.

Uma forma de raciocínio inconsciente que nos leva a uma solução. 

Quando de repente sabemos exatamente o que fazer mas sem ter o porque.

Quando a mãe diz já saber.

Quando o religioso diz crer.

Quando sabemos o lado da estrada que devemos seguir 

por uma simples onda de certeza que nos vem à mente.

De um caos cerebral se revela um 

resultado de pura beleza e convicção 

Chamamos de intuição

Como falar do certo sem razão?

 

FICHA TÉCNICA

Coreografia: Intuição 

Coreógrafo: Vinícius Anselmo

Musica: Novel, Alexandre Desplat, Ólafur Arnalds e Joep Bevin

Assistente de Direção: Ana Beatriz Farias 

Gestão Comercial: Thalita Falk

Diretora de Marketing: Nathalia Urizzi

Pianista: Rosely Chamma

Figurinista: Carlos Aguero

Costureira: Cleuza Torres

Cenógrafo: Gustavo Pereyra

Iluminadora: Mary Raquel Balekian

Operação de luz: Val Santana

Técnico de Luz: Aharon Gidali

Coordenador Técnico: Igor Lopes

INTUIÇÃO

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
1/3